A ponti de arreganhacús

2. As vilas do enclave. Valverdi

Compartilhar é prova de amor

2. As vilas do enclave.

Valverde del Fresno / Valverdi.

Na zona raiana propriamente dita, lindando com Portugal, fica o município de Valverde do Fresno.
É o de fundação mais recente, sendo os seus primeiros povoadores provenientes de Salvaleão e do lugar já desaparecido, do concelho de São Martinho de Trevelho, conhecido com o nome de Torre la Mata, sendo assim que aparece nas Relaciones topográficas de los pueblos de España.
Assim como as duas vilas anteriores contam com um só gentílico, não acontece o mesmo com Valverde do Fresno, para a qual se aplicam os seguintes: valverceros, valverdanos, valverdeiros, valverdeirus y valverdeños, sendo nós partidários do gentílico mais comummente usado, que é o de valverdeirus.
Dos três concelhos, como anotávamos no começo, é o de maior superfície, 196,97 km2. Atualmente, segundo a referida fonte do Instituto Nacional de Estadística para os municípios anteriores, a população total desta localidade é de 2.378 pessoas, das quais 1.175 são mulheres e 1.203 homens. A fonte principal da sua economia provém da oliveira. Ainda que sempre fosse uma localidade com um comércio muito desenvolvido por causa da sua situação fronteiriça. Atualmente um setor em alta é o turismo rural.

ÍNDICE Texto do trabalho do Grupo Xálima: A FALA DE XÁLIMA: VALVERDEIRU, LAGARTEIRU, MANHEGU. UN TESORO LUSO EXTREMEÑO. Publicado na edição 87 do caderno do Seminário de Estudos Cacerenhos.          “alcántara.” Quinta temporada. Janeiro-Junho de 2018.

Grupo Xálima

 

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *