Dois vizinhos de S. M. de Trevejo, José Leite de Vasconcelos e seu amigo Santos Agero

Português dialectal da região de Xalma

Português dialetal da região de Xalma

Reproduzimos, pelo seu interesse, o primeiro estudo sobre os três falares da região de Xalma (manhego, lagarteiro e valverdeiro) realizado por José Leite de Vasconcelos com o título de Português dialectal da região de Xalma, publicado em 1933. É o resultado de um minucioso, riguroso e dilatado trabalho de investigação nas três povoações falantes (Elhas; Valverde e São Martinho de Trevelho) já que Leite de Vasconcelos, o Professor português, como lhe chamavam em São Martinho de Trevelho, manteve uma estreita e intensa relação com a vila manhega e por extensão com as outras duas localidades da região de Xalma durante mais de catorze anos, aproximadamente entre 1920 e 1934).

Neste trabalho, de 112 páginas, Leite faz um amplo e detalhado estudo fonológico, morfológico, de sintaxe e lexical do falar das três localidades, chegando à conclusão, como o próprio título indica, de ser a fala de Xalma um dialeto português.

Anteriormente, em 1927, tinha publicado outro trabalho intitulado Linguagem de San Martín de Trevejo partilhado no GRUPO XÁLIMA  ao qual também é possível aceder na seguinte ligação: Linguagem de San Martín de Trevejo

ÍNDICEJosé Leite de Vasconcelos: Português dialectal da região de Xalma

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *